Paróquias da Diocese arrecadam 10 toneladas de alimentos em prol das famílias

O tempo presente, de enfrentamento à propagação em massa do agente viral coronavírus (Covid-19) tem unido o povo de Deus pelas orações, mas também pela caridade. As iniciativas visam ajudar com a arrecadação e distribuição de alimentos às famílias já assistidas pelos Vicentinos ou pela Pastoral da Solidariedade, assim como outros lares que, por ocasião das medidas de quarentena, têm suas condições de sustentação dificultadas.

Dessa forma, as Paróquias se estabelecem como pontos de referência de arrecadação de alimentos e um centro onde a solidariedade da comunidade possa convergir de forma organizada. Sabe-se que a caridade é parte constituinte da ação eclesial e que se trata de um trabalho constante na vivência da comunidade de fé. Essas atividades caritativas se intensificam nesses momentos dificultosos da sociedade.

Destacáveis são as iniciativas promovidas pela Paróquia São José, Tremembé-SP, que arrecadou, na última semana, 527 cestas básicas, beirando a 9 toneladas de alimentos. Também na cidade de Taubaté, na paróquia Santo Antônio de Lisboa, foram arrecadados no primeiro grande dia de arrecadação, mais de 1 tonelada de alimentos (1.300 kg), distribuídas em generosas 45 cestas básicas de 25 kg cada uma, além de mais 30 cestas adquiridas com recursos próprios da paróquia. Vale lembrar que, além dos números expressivos dessas paróquias citadas, muitas outras têm se movimentado, o que faz aumentar o número dessa quantidade consideravelmente.

Tais atitudes manifestam a generosidade dos que se deixam sensibilizar pelo Evangelho de Jesus Cristo e se fazem compadecer das necessidades dos irmãos. Muitas orações dos necessitados são atendidas quando o povo se permite ser instrumento e resposta de Deus para essas orações na caridade.

Múltiplas iniciativas em prol das famílias continuam vigentes. Fiquem atentos e com os corações despertos para continuarmos a colaborar com as necessidades dos irmãos mais necessitados. Agradecemos a todos que têm feito, nas dificuldades desse tempo, um contexto de solidariedade.