Pastoral Carcerária realiza noite de reflexão sobre o irmão preso

No dia 29 de junho a partir das 19h30 no Centro Pastoral Santa Teresinha de Taubaté aconteceu a noite de reflexão sobre o irmão preso pelo quarto ano consecutivo.

O objetivo deste momento é conscientizar a Igreja e a sociedade em geral sobre a situação prisional, sobretudo, a ação evangelizadora (promoção humana integral) da Pastoral Carcerária.

Além dos próprios agentes da Pastoral Carcerária de nossa diocese, estavam presentes também a direção do Centro de Detenção Provisório (CDP) de Taubaté, agentes penitenciários e funcionários das penitenciárias 1 e 2 feminina, bem como das penitenciárias 1 e 2 masculina de Tremembé.

Além destes, também foi de especial valia a presença de duas irmãs encarceradas do regime semiaberto da Penitenciária 1 feminina de Tremembé.

Dentre os presentes, destacam-se também alguns membros da Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Aparecida.

A animação deste evento ficou por conta do ministério de música misericórdia e graça da paróquia do Bom Jesus de Tremembé que muito colaborou neste momento de reflexão e evangelização.

Após um momento breve de acolhida, Padre Gabriel (assessor da Pastoral Carcerária) conduziu a oração inicial, tendo a entrada da Bíblia com participação das duas irmãs presas citadas anteriormente e também por uma agente da Pastoral Carcerária que as acompanha a um bom tempo pelas visitas religiosas.

Em seguida, Padre Gabriel apresentou suscintamente alguns trabalhos realizados pela Pastoral Carcerária e um pequeno destaque ao ministério de cartas enfatizado pelo vice coordenador Fabrício Augusto Simões Martins.

Logo após a professora Neila Aparecida Cardoso expôs aos presentes o projeto de poesias realizado na Penitenciária 1 masculina e Penitenciária 2 feminina de Tremembé.

É um trabalho minucioso em conjunto com a Pastoral Carcerária, mas que tem dado bons frutos. Em seguida, tivemos o testemunho de uma mãe de irmão preso acompanhada pela Pastoral Carcerária e depois algumas palavras sobre o nosso trabalho evangelizador pela assistente social da penitenciária 2 masculina de Tremembé. Após os agradecimentos, encerrou-se este momento de reflexão sobre o irmão preso com um delicioso lanche aos presentes.

Aos que participaram ou não deste momento e tem interesses em conhecer a nossa Pastoral Carcerária, fica o convite para participarem da formação para novos agentes nos sábados (dias 4, 11, 18 e 25) do mês de agosto as 14h no Lar Santa Verônica em Taubaté.

Força a nós nesta árdua missão de levar vida plena a estes irmãos nos cárceres (cf. Jo 10,10).

Pe. Gabriel Henrique de Castro – Assessor da Pastoral Carcerária