Cônego Amâncio Calderaro completa 25 anos de sacerdócio

Para comemorar jubileu de prata de sua ordenação sacerdotal, Cônego Amâncio Calderaro Júnior, 50, recebeu bispos, padres, parentes e amigos em duas solenidades. Natural de Redenção da Serra, onde atualmente é pároco da Paróquia de Santa Cruz, Cônego Amâncio nasceu no dia 8 de abril de 1965, é filho de Amâncio Calderaro e de Vicentina Moraes Calderaro, já falecidos. Ele é o décimo entre os doze filhos do casal.

As comemorações aconteceram, uma no dia 26 de janeiro último, data do aniversário, com Missa na Matriz de Santa Cruz, celebrada às 19h sob a presidência de Dom Antônio Afonso de Miranda, sdn, bispo que ordenou o jubilando e concelebrada por esse e vários outros padres. Outra missa comemorativa do Jubileu de Prata aconteceu no dia 31 de janeiro, às 10h, na mesma Igreja Matriz, agora presidida por Dom Carmo Carmo João Rhoden, scj. Mais uma vez vários padres vieram concelebrar e cumprimentar o Cônego Amâncio.

Presentes as duas celebrações estiveram também, os familiares, muitos amigos e paroquianos vindos de todas as comunidades que formam a paróquia. Dom Wilson Angotti, atual bispo diocesano de Taubaté, foi comemorar a data presidindo missa no dia 24 de janeiro, às 18h30min, porque nos dias marcados para as comemorações ele já tinha outros compromissos marcados.

Cônego Amâncio Calderaro foi ordenado sacerdote na mesma paróquia que hoje preside, no dia 26 de janeiro de 1991. Nos seus 25 anos de sacerdócio já foi reitor do Seminário Santo Antonio (1991-1999), período em que também assessorou a catequese diocesana e atendia a Comunidade de São Vicente de Paula (Taubaté), pároco da Paróquia de Santa Luzia (1999 – 2011), acumulando as funções de ecônomo procurador da Mitra Diocesana de Taubaté por cinco anos e, depois, reitor do Seminário de Teologia Cura D’Ars (2004 – 2011). Desde fevereiro de 2011 ele ocupa a sua atual função.

Fonte: O Lábaro – fevereiro/2016

Comente