Aparecida: começou ontem a 57ª Assembleia Geral da CNBB

Dom Sérgio, presidente da CNBB, na missa de abertura pediu a oração da Igreja para os trabalhos da Assembleia.

Aparecida

Teve início ontem, quarta-feira, 1º de maio a 57ª Assembleia Geral da CNBB no Santuário de Aparecida, com a celebração eucarística às 7h30, no Altar Central. A Santa Missa foi presidida pelo Presidente da CNBB e Arcebispo de Brasília, Dom Sergio da Rocha, e concelebrada por Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, vice-presidente da CNBB, arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, e por Dom Frei Leonardo Ulrich Steiner, secretário geral da CNBB e bispo auxiliar de Brasília.

Presentes na celebração, que deu início aos trabalhos, mais de 300 membros da CNBB, cardeais, arcebispos, bispos, presbíteros, diáconos e milhares de leigos que vieram celebrar na Casa da Mãe, o Dia do Trabalhador.

Na sua homilia, Dom Sérgio pediu a oração da Igreja para os trabalhos da Assembleia, frisando a importância do encontro deste ano, que irá definir as novas diretrizes para a ação evangelizadora da Igreja no Brasil e eleger a nova presidência e coordenação das Comissões pastorais para os próximos quatro anos.

O Presidente da CNBB também saudou os trabalhadores, recordando São José Operário, homem justo, que fez tudo o que Deus lhe havia ordenado. “Com ele, queremos aprender a ser mais justos”.

Assembleia

Até o dia 10 de maio, os mais de 300 bispos irão se dedicar nas discussões sobre diversos temas, como: relatório do quadriênio, assuntos de liturgia, textos litúrgicos – CETEL (Comissão Episcopal de Textos Litúrgicos), assuntos de Doutrina da Fé, relatório econômico e conjuntura eclesial, com a avaliação da Igreja no Brasil e da CNBB, a análise sociopolítica do Brasil, a Campanha da Fraternidade em 2021, definição das Comissões Episcopais Pastorais e a 6ª Semana Social Brasileira.

“Como bem sabemos, são inúmeros os desafios para a missão de Igreja no mundo de hoje. Pretendemos superar os desafios com a definição das novas ações evangelizadoras da Igreja. As dificuldades, meus irmãos e irmãs, não devem jamais nos desanimar. Diante dos desafios, nós temos a oportunidade de crescer na fé”, afirmou Dom Sergio.

Após a Santa Missa os membros da Assembleia Geral da CNBB foram para o Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida para o início oficial da 1ª sessão.

Os bispos que podem participar da Assembleia Geral segundo o Estatuto da CNBB, são os 309 bispos na ativa (com direito a voto), os 171 eméritos, os administradores apostólicos e representantes de organismos e pastorais da Igreja.

Programação

Todos os dias – exceto no domingo, dia 05 – serão celebradas missas com laudes, das 7h30 às 8h45, no Santuário Nacional de Aparecida. Haverá transmissão ao vivo pelas emissoras católicas de rádio e televisão.

Os trabalhos da Assembleia serão desenvolvidos em quatro sessões, sendo duas pela manhã (9h15 às 12h45) e duas à tarde (15h40 às 19h30).

As entrevistas coletivas seráo sempre às 15h, na Sala de Imprensa do Centro de Eventos, com a presença de três bispos designados pela Presidência da Assembleia. O porta-voz será o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação, dom Darci Nicioli.

O retiro dos bispos iniciará no dia 04/05, às 15h00, e terminará no domingo, 05/05, ao 11h30, com missa no Santuário.

A cerimônia de posse da nova presidência está marcada para as 10h30 do dia 10/05 e na sequência a cerimônia de encerramento, no Centro de Eventos.

De Aparecida, São Paulo, para Rádio Vaticano – Vatican News, Silvonei José

Fonte: Vatican News – https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2019-05/assembleia-geral-cnbb-aparecida-abertura.html
Foto: Vatican Media